15 de set de 2010

atenção, atenção???


A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste) reprovou a qualidade nutricional dos cinco shakes mais vendidos no mercado – os produtos são usados em dietas e programas de emagrecimento.
Segundo a entidade, a quantidade de nutrientes dos produtos (carboidratos, proteínas e gordura), avaliada em laboratório, não é balanceada. Por isso, diz a Proteste, não seria adequado substituir uma ou mais refeições pelo shake, conforme o sugerido pelos fabricantes, pois sobram ou faltam os pilares da boa alimentação, o que coloca a saúde em risco.
Os resultados da pesquisa

Shake BioSlim

Problemas identificados: carboidratos e proteínas acima do valor ideal e gorduras abaixo do valor ideal
Resposta do fabricante: todos os produtos da linha Bioslim Shake Diet estão rigorosamente de acordo com a legislação brasileira. No documento divulgado pela Proteste, a instituição afirma que relacionou o produto Bioslim Shake Diet a estudos científicos. Porém, não cita todos os critérios da análise.

Diet Shake

Problemas identificados: carboidratos e proteínas acima do valor ideal e gorduras abaixo do valor ideal
Resposta do fabricante: não respondeu

Diet Way

Problemas identificados: carboidratos e proteínas acima do valor ideal e gorduras abaixo do valor ideal
Resposta do fabricante: não respondeu

Herbalife

Problemas identificados: proteínas acima e gordura abaixo do valor ideal
Resposta do fabricante: a empresa não reconhece a pesquisa por desconhecer a metodologia e os critérios de pesquisa e avaliação do órgão. Todos os produtos foram submetidos ao rigoroso processo de aprovação da ANVISA.

In Natura

Problemas identificados: proteínas acima e gorduras abaixo do valor ideal
Resposta do fabricante: a engenheira de alimentos responsável pela área técnica da empresa diz que todas as normas da ANVISA são seguidas, que o produto é seguro para substituir refeições e que as críticas da Proteste são “avaliações pessoais” da entidade.

Nenhum comentário: