24 de jul de 2011

ALIMENTO TAMBEM É RÉMEDIO.


ALIMENTO É REMÉDIO ?

Dr. Peter Atherton

Antigamente as pessoas compravam alimentos produzidos localmente, plantados e colhidos na região em que moravam. Isto fazia com que esses alimentos fossem frescos, amadurecidos no pé, sem agrotóxicos ou pesticidas em grande quantidade (colheitas de pequenas fazendas e sítios).

 As carnes também eram frescas e as aves e outros animais de corte criados soltos, alimentados sem rações industrializadas ou com aditivos químicos (antibióticos).
Quando surgiram as grandes cadeias de supermercados e a agricultura, bem como a criação de animais passaram a ser feitas em escala mundial, a alimentação ficou comprometida no quesito nutrição.
A globalização nos trouxe a facilidade de termos maçãs da Nova Zelândia, melões do México e feijões verdes da Guatemala, que chegam à nossa mesa tendo viajado 22.400 Km, pelo menos!
Para que aguentem esta viajem é necessário o uso de conservantes, pesticidas e herbicidas durante o plantio, ou o que mais seja necessário para se mantenham com a aparência de alimentos frescos e para que não se deteriorem durante este longo transporte.
Nós esquecemos o que nos dizia Hipócrates, o pai da medicina, que tivéssemos sempre em mente que "alimento é remédio". Ele queria dizer que o que comemos interfere diretamente ria nossa saúde.
Esta recente epidemia de câncer que se alastra pelo mundo é um exemplo, pois evidencia que as pessoas que comem pelo menos 5 porções de frutas e vegetais frescos, por dia, reduzem em 20% as chances de terem um câncer qualquer, e em 80% câncer de seios e de intestino, pois têm o mínimo de nutrientes necessários para serem saudáveis e combaterem este tipo de problema.
Não é a fome de alimentos que nos faz adoecer ou morrer com sérios problemas, mas sim a falta de nutrientes, enzimas, minerais e vitaminas, que faz com que o nosso organismo se deteriore, definhe, envelheça e adoeça, até nos matar...

Em 1859, Florence Nightingale já dizia que "centenas de pessoas estão desnutridas em meio a muita fartura". 0 que queria dizer? Que comer não implica em se nutrir.
Alimentos que fornecem calorias sem fornecer nutrientes específicos e vitais, fazem muito mal à saúde, tais como o açúcar refinado, a farinha branca, a gordura e os óleos, entre outros.
A alimentação tem que ser balanceada e nutritiva antes de tudo e, infelizmente, a nossa vida tão corrida e agitada nos grandes centros e cidades modernas, não nos traz beneficio nenhum.
Os "fast foods" matam a nossa fome e nos matam um pouquinho a cada dia. Comemos correndo, sem saber o que estamos ingerindo, sem cuidado ou opção.
0 surgimento dos complementos nutricionais veio para suprir uma deficiência imensa, a nível mundial.
Sem diferença entre níveis sociais ou culturais, a maioria esmagadora da população da Terra estava desnutrida. E era necessário que se fizessem produtos nas dosagens corretas, para se obter o resultado esperado.
Os vegetais precisam estar dentro de um padrão de qualidade e amadurecimento. Só assim a reposição de nutrientes, tão importantes para a saúde e a vida humana, seria de fácil acesso a todos, ou seja, com os complementos nutricionais.
Os principais minerais que se podem obter de um vegetal, dependem de uma boa terra para o plantio, de uma colheita correta e do manuseio dentro das mais severas regras de higiene e esterilização.
De todos os 78 minerais conhecidos pelo homem, 60 estão na composição do nosso sangue.
As principais vitaminas (A,C,E, e todo o complexo B), necessitam que os vegetais estejam no ponto biológico certo para a colheita, de modo que possamos ter todos os seus benefícios em nosso organismo.
A FLP (FOREVER LIVING PRODUCTS) consegue nos dar, de forma natural e correta, suplementos nutricionais imprescindíveis para a nossa saúde: Aloe Vera GelBee Pollen e PrópolisLyciumA-Beta CareForever LiteFields of GreenForever Kids e outros.
Os minerais e as vitaminas são extremamente importantes, e sua deficiência está relacionada ao câncer, problemas de coração, fibrose cística, e problemas com os ossos, tais como artrites e osteoporose.
Se os fazendeiros têm dado aos seus animais complementos nutricionais com excelentes resultados, porque nós, humanos, não fazemos o mesmo?

Dr. Peter Atherton - M.B.Cli.B.,D.Obst.R.C.G.,M.R.C.P.L e C.

Revista Medicina Atual (Inglaterra)

obs:postagens copiada de
http://aloeevera.webnode.com.br/alimento-e-remedio/

www.foreverliving.com.br/distribuidor/410/sanbianco/



Nenhum comentário: